Bilionários da moda

13/09/2012

por | Moda

©Reprodução

A partir da última lista da revista “Forbes” que elenca em ordem crescente os bilionários do mundo, o site “Business Insider” reuniu em um ranking as 15 pessoas mais ricas da moda. Bernard Arnault, presidente e CEO da holding LVMH, pode estar com a reputação abalada em seu país, mas continua a maior fortuna da Europa – e a quarta do planeta – com um patrimônio de US$ 41 bilhões (cerca de R$ 82,8 bilhões). Logo atrás está o espanhol Amancio Ortega, ex-presidente da Inditex, grupo que é dono da Zara, com US$ 37,5 bilhões (R$ 75,7 bilhões).

Após Arnault e Ortega, o sueco Stefan Persson, presidente da varejista H&M (Hennes & Mauritz), é o terceiro homem mais rico da moda – e o oitavo do mundo – com um patrimônio de US$ 26 bilhões (R$ 52,5 bilhões). Já na quarta posição da lista, Christy Walton é a herdeira do Walmart, que, apesar de não ser exclusivamente dedicado à moda, tem cerca de 7% de seu faturamento anual vinculado a roupas e produtos cosméticos. A americana possui um patrimônio de US$ 25,3 bilhões (R$ 51,1 bilhões); em quinto lugar aparece outra mulher: a francesa Liliane Bettencourt, herdeira da L’Oréal, com US$ 24 bilhões (R$ 48,5 bilhões).

Phil Knight, co-fundador da Nike, ocupa a sexta posição do ranking dos bilionários da moda do “Business Insider”, com uma fortuna de US$ 14,4 bilhões (R$ 29,1 bilhões) – já na “Forbes”, ele aparece como o 47º homem mais rico do mundo. François Pinault, maior acionista da holding PPR, que detém marcas como Gucci, Yves Saint Laurent e Puma, é o sétimo com “apenas” US$ 13 bilhões (R$ 26,2 bilhões), enquanto o italiano Leonardo Del Vecchio, criador da Luxottica, aparece em oitavo com US$ 11,5 bilhões (R$ 23,23 bilhões) e Tadashi Yanai, presidente do grupo que é dono da Uniqlo, está em nono com US$ 10 bilhões (R$ 20,2 bilhões).

Ralph Lauren, fundador da marca homônima e que apresentou sua coleção de Primavera/Verão 2013 nesta quinta-feira (13.09) na semana de moda de Nova York, é o 10º da lista: o patrimônio do americano é de US$ 7,5 bilhões (R$ 15,15 bilhões). Os irmãos franceses Alain e Gerard Wertheimer são os proprietários da Chanel, alucinados por hipismo e juntos possuem uma fortuna de US$ 7,5 bilhões (R$ 15,15 bilhões), mas como são dois ficam atrás de Lauren, com a 11ª posição do ranking do “Business Insider” e a 122ª da “Forbes”. Giorgio Armani aparece em 12º com US$ 7,2 bilhões (R$ 14,5 bilhões).

A lista é completada pelo sul-africano Johann Rupert (13º, com US$ 5,1 bilhões), presidente e CEO da holding Richemont, que controla marcas como Cartier, Montblanc e Chloé; Isak Andic (14º, com US$ 4,8 bilhões), co-fundador da varejista espanhola Mango; e Leslie Wexner (15º, com US$ 4,3 bilhões), presidente e CEO da Limited Brands, grupo que detém a Victoria’s Secret e a Abercrombie & Fitch.