Efeito Disney: ‘Elle’ espanhola converte estilistas em desenhos

19/04/2010

por | Moda

Na “Elle España” de abril de 2010, as fotos não são de Camilla Åkrans ou Michael Thompson. Na verdade, não são nem fotos: são desenhos feitos por Ulrich Schroder, um cartunista de longa data da Disney.

O editorial “La Moda Animada” transforma alguns estilistas, durante a semana de moda de Paris, em personagens do estúdio – há Karl Lagerfekd em versão Pateta, Jean Paul Gaultier como Pato Donald e Stefano Gabbana e Domenico Dolce como Pluto e Mickey…

E o que é divertido fica ainda melhor: figurando ou mesmo escondidos nas páginas estão outros personagens da Disney, como Buzz Lightyear, de “Toy Story”, os “Três Porquinhos” e “Lilo & Stitch”.

Veja as fotos na galeria.

Tags: ,

FFW test drive: experimentamos o Eye Gloss da Chanel!

16/04/2010

por | Beleza

A Chanel é líder quando se trata de lançar produtos de beleza que se tornam objetos de desejo. Foi assim com o pó bronzeador Soleil Tan, com o batom Rouge Allure e com os esmaltes Blue Satin, Jade (alguém antes já tinha pensado em usar um esmalte verde menta?) e o Particulière.

A bola da vez é o Eye Gloss, um quarteto de sombras com textura de gloss, igual ao usado – costumeiramente – na boca.

PRODUTO-CHANEL-EYEGLOSS-FFW

O portal FFW fez o test drive. Confira:

PRÓS

As cores do quarteto (preto, vinho, dourado e branco) são versáteis e possibilitam várias combinações e visuais diferentes.

olho-eye-gloss-chanel-ffwBrilho, textura e sofisticação são adjetivos que se encaixam bem no Eye Gloss da Chanel © FFW

Dá para usar uma só, duas ou mais juntas, com delineador e com sombra em pó. Tudo depende da dramaticidade que você quer obter com o look. A intensidade do produto também é ótima: se você espalhar, ele fica mais suave; pra obter uma tonalidade mais escura, dê algumas batidinhas com as pontas dos dedos. E o melhor: ele dura o dia inteiro.

CONTRAS

O problema do Eye Gloss é que ele acumula resíduos nas dobras da pálpebra. Não é de todo ruim, mas exige retoques regulares ao longo do dia. Se acumular muito, pode ficar feio, com aspecto de sujeira.

antes-e-depois-eyegloss-da-chanel-22O único problema do Eye Gloss da Chanel é que ele pode acumular resíduos nas dobras da pálpebra, conferindo um aspecto de “sujinho” © FFW

O aplicador também atrapalha quem não tem muita prática. Por isso a dica é: use as pontas dos dedos. Fica mais natural e dá pra dosar a quantidade (e consequentemente a intensidade) de produto à sua maneira.

O preço é salgado, cerca de R$ 250 nas lojas especializadas no Brasil – no mercado internacional ele sai por US$ 65, cerca de R$ 113.

VEREDICTO

O Eye Gloss da Chanel é diferente de qualquer outra sombra, fica lindo e sofisticado, com textura única e brilho (a cor dourada é mais iluminada). Se você é do time das que adoram um make prático, porém elaborado – e até dramático! –, o produto é uma ótima pedida.

Loja da Chanel em SP
ONDE Shopping Cidade Jardim – Piso Térreo – Av. Magalhães de Castro, 12.000 – São Paulo
CONTATO (11) 3552.3002

Para comprar online acesse: sacks.com.br

#SemanadoDesign: ‘Design copiado é que deu certo’, diz Rosita Missoni

16/04/2010

por | Sem Categoria

Por Juliana Lopes, de Milão

A solidez da família Missoni parte de Ottavio e Rosita Missoni, fundadores da marca. Até 12 anos atrás era ela o alicerce da criação de moda “para vestir o corpo”. Assim que o comando foi entregue à sua filha, Angela Missoni, Rosita passou a dedicar-se a peças de decoração de interiores. Interiores para morar, passear, visitar. Na montanha, na cidade, na praia. Todas as cores, flores, listras e ziguezagues – agora também pixels, como um dos patterns – são pensados e “sentidos” por ela.

Em entrevista exclusiva ao FFW direto da Semana de Design de Milão, Rosita Missoni falou sobre criação, inspiração, referência e cópias.

Como foi a transição da moda para o décor?
Moda sempre foi nosso território. Nos afirmamos na criação da vestimenta, começamos assim e é nosso grande centro. Mas a moda está em tudo. Percebemos que nossa casa também era, no final das contas, uma casa de moda. E, há 12 anos, quando minha filha Angela assumiu a criação de moda da Missoni, eu fiquei bastante empolgada em começar a cuidar da coleção para a casa. As peças que tínhamos até então eram boas, mas apenas comerciais. Era algo que vendíamos, mas que não usaríamos, sabe? Então isso foi preciso mudar e hoje as peças de casa tem a mesma importância.

Você acredita que existe um limiar entre as duas searas?
A fronteira, na verdade, nunca existiu. Você pode perceber que estilistas colecionam design, respiram design. Na casa de estilistas sempre encontramos peças de coleção de design importantes, não é mesmo? Estamos rodeados por isso. Eu cresci num ambiente assim. Me acho sortuda por isso. Porque trabalho com beleza e me divirto.

A inspiração para o design de interiores vem do acervo de moda da Missoni?
Sim. E muitas vezes olhamos peças de coleções de roupas para transferir para a coleção de casa. Estamos sentadas agora em almofadas que têm estampa de uma das coleções masculinas passadas. O modo como crio e me inspiro continua sendo o mesmo.

rosita-missoni-ffw

E como é esse “modo de criar”? Qual o caminho?
(Suspira) Bem, o caminho está em tudo… São antenas que temos. E confio nas sensações que temos quando escolhemos as cores, os desenhos. Olhamos em volta, sabe? Quando começamos a desenvolver a moda para a casa muita gente copiou! Muita mesmo! De um lado você pensa que é chato. Claro, pode incomodar ver que as pessoas te copiam. Mas por outro lado, se alguém te copiou é porque é bom. E isso é uma confirmação. Design que foi copiado é porque deu certo.

MISSONI HOME
Viale Elvezia, 22
Milão, Itália

Acompanhe a hashtag #SemanadoDesign no perfil do FFW via Twitter.

A semana do design vai do dia 13 ao dia 19 de abril em Milão.

+ Informações sobre o Salão do Móvel de Milão: cosmit.it

+ Informações sobre o Fuorisalone: fuorisalone.it/2010

Zac Posen fast-fashion: estilista fecha parceria com rede americana

16/04/2010

por | Moda

Zac Posen é reconhecido por seus vestidos feitos sob medida para os red carpets, mas no próximo dia 25 de abril sua carta de clientes deve aumentar – e muito: o estilista vai lançar uma coleção limitada em parceria com a rede Target.

Vídeo promocional dirigido por Gia Coppola

São vestidos de festa (curtos e longos), versões simplificadas para o dia, saias, camisas, blusas estampadas, maiôs e até uma versão feminina de smoking, e – o melhor – tudo até US$ 100.

Para comemorara associação, Zac disponibiliza até às 23h desta sexta-feria (16/04) uma prévia do que está por vir nas araras da Target. Alguém duvida que a coleção vai ser um sucesso de vendas?

Secretaria do Estado de SP promove concurso de moda inclusiva

16/04/2010

por | Moda

Até 5 de maio, a Secretaria do Estado de São Paulo recebe looks (croqui + ficha técnica) de participantes para o 2º Concurso Moda Inclusiva, que visa aumentar o número de vestuários disponíveis para pessoas portadoras de algum tipo de deficiência.

Segundo a Secretaria, no Brasil há 30 milhões de pessoas com deficiência, e mais de 5 milhões delas moram no Estado de São Paulo – para entender que mercado é esse, tente imaginar como uma pessoa cega escolhe suas roupas, por exemplo.

Os 20 melhores trabalhos inscritos serão confeccionados e participarão de um desfile em 7 de junho, no Museu da Língua Portuguesa. Um júri de nove profissionais do mercado escolherá três looks vencedores do concurso. O primeiro colocado também ganha a oportunidade de um estágio remunerado de um mês na Vicunha Têxtil.

As inscrições terminam em 30 de abril. Para mais informações, acesse pessoacomdeficiencia.sp.gov.br.

Coleção de retratos de Irving Penn fatura US$ 3,85 milhões

16/04/2010

por | Gente

Patricia McCabe não é famosa, mas trabalhava para um mestre da fotografia: era assistente administrativa de Irving Penn, falecido em 2009. Ao longo de 30 anos de trabalho e amizade, ela ganhou 67 retratos do chefe – imagine, seis dúzias de fotos de Irving Penn na sua casa!

irving-penn-retratos-leilaoOs três bestsellers: “2 Guedras, 1972″ foi vendido por US$ 314 500; “Cuzco Children, 1948″ por US$ 206.500; “Broken Egg, 1959″ por US$ 206.500 (o valor estimado era US$ 9.000!) © Irving Penn

McCabe morreu em 2004, e Laura Paterson, uma especialista em fotografia da casa de leilões Christie’s, entrou em cena ao encontrar as fotos em um mini-depósito. A coleção foi leiloada no último dia 14/04 e faturou quase o dobro do esperado: US$ 3,85 milhões.

As impressões, segundo a especialista, são da melhor qualidade possível, e ainda incluem notas pessoais do fotógrafo para a assistente na parte de trás. “Ele não estava apenas lhe dando lembranças. Esses são objetos maravilhosos por si mesmos”, disse Paterson à Reuters.

Veja todas as fotos leiloadas aqui.

Museu em Londres inaugura mega retrospectiva sobre Grace Kelly

16/04/2010

por | Gente, Moda

Grace Kelly, a socialite da Filadélfia que tornou-se estrela de cinema e princesa de Mônaco (nessa ordem), é um ícone de estilo sem prazo de validade. Aproveitando o extenso legado de moda deixado pela americana, o museu inglês Victoria & Albert abre neste sábado (17/04) uma exposição, patrocinada pela joalheria Van Cleef & Arpels, dedicada à estrela.

texto-grace-kellys-monacoA princesa Grace em momento relax, em Mônaco © Reprodução

Ao jornal “Telegraph”, a curadora do museu, Jenny Lister, resumiu: “Contamos a sua história de vida através das roupas”. De peças de Oleg Cassini, o ex-noivo que declarou ser o criador do estilo da atriz – “ela se vestia como uma bibliotecária quando a conheci”, disse –, aos filmes de Alfred Hitchcock que a consagraram, está tudo exposto.

São mais de 50 vestimentas (figurinos, joias, chapéus, peças de altacostura, o traje com o qual aceitou o Oscar e seu vestido de noiva), além de destaques como a bolsa Hermès Kelly original e sua estatueta de Melhor Atriz.

Mesmo extensa, a exposição não é uma novidade em termos de conteúdo: é uma adaptação de “The Grace Kelly Years”, montada em 2007 por Frédéric Mitterand, em Mônaco – lá há um arquivo com 250 dos vestidos usados pela princesa.

Quem estiver em Londres até 26 de setembro, estará com sorte. Quem não estiver… nos resta a locadora mais próxima – e a galeria abaixo.

“Grace Kelly: Style Icon”
QUANDO De 17 de abril a 26 de setembro de 2010
ONDE Museu Victoria & Albert – Londres
+ www.vamuseum.com

Prada, Armani e Fendi se unem por uma semana de moda mais longa

15/04/2010

por | Moda

A temporada de inverno 2010 em Milão foi marcada pelo casting de modelos saudáveis da Prada e, principalmente, pelo furdunço causado por Anna Wintour, editora da “Vogue US”: depois de anunciar que só passaria três dias na cidade, as principais grifes do evento bagunçaram o coreto, espremendo o calendário de uma semana para, praticamente, três dias.

A lição foi aprendida: para evitar problemas semelhantes no futuro, marcas importantes da semana de moda italiana (Prada, Giorgio Armani, Fendi, entre outras) emitiram comunicados oficiais à Camera Nazionale Della Moda Italiana dizendo que não aceitarão participar de uma fashion week mais curta. “Não vamos aceitar ter menos do que sete dias de desfiles”, ameaçaram.

A Camera se reuniu com o presidente Mario Boselli e não pensou duas vezes: acatou ao pedido das gigantes, determinando que o calendário para o verão 2011 de Milão terá 7 dias de duração, indo de 22 a 28 de setembro. “O calendário será mais racional e menos estressante”, garantiu a Camera Nazionale.

A ideia principal é criar um tempo de estadia maior para editores, compradores e convidados em Milão. A medida não é por acaso: sabia que uma semana de moda como o São Paulo Fashion Week chega a movimentar R$ 100 milhões em turismo?

#SemanadoDesign: jovens artistas rompem barreiras do décor

15/04/2010

por | Cultura Pop

Por Juliana Lopes, de Milão

O design não quer mais ter fronteiras com a arte, a ciência ou a moda. Os objetos contém funções que vão além da beleza e funcionalidade – pelo menos é isso que os jovens artistas na Semana do Design em Milão querem comprovar.

“As pessoas sempre me perguntaram se sou artista, arquiteta, designer de móveis. Perguntam se o que faço é arte, craft, design, ou outra coisa. Decidi que sou apenas ‘eu’. Hoje em dia não dá para categorizar mais, nem as pessoas nem os objetos”, sintetiza Isabel Berglund, uma das selecionadas para a mostra de dinamarqueses Mindcraft10. Em inglês, uma de suas frases ganha mais impacto: “I’m focused to be in between” (Estou focada para estar no “entre”).

isabel-berglund

foto-montagem-2

foto-montagem-vestido-e-closet

Os dinamarqueses, pesquisadores e realizadores de ponta no mundo do design, aterrissaram em Milão, no Fuorisalone (paralela ao Salão do Móvel), na quarta-feira, dia 14 de abril. O grupo Mindcraft10 não é um coletivo, mas uma seleção feita pela Danish Crafts, que há 10 anos apoia o design decorativo.

O tema “Would you mind?” (Você se importa?) convida o visitante a “considerar a função e o aspecto emocional” do que está vendo. O closet de Isabel Berglund, por exemplo, vai além da função básica, mas não chega a ser uma instalação de arte: é feito todo de tricô (foto acima). “Como se alguém tivesse passado muito tempo costurando em torno de si mesmo”, explica a artista. Outra peça que faz parte da mesma obra, mas foi exposta em situação separada é a cadeira-vestido, toda em tricô.

FOTO-FISICA-1

FOTO-FISICA2

FOTO-FISICA-3

A mostra “Fisica Applicata” (Física Aplicada) das jovens turinesas Federica Castagno e Sara Petrucci, recém-formadas pelo IED de Turim, quer derrubar fronteiras entre design e ciência. “É tudo Física”, explica Sara. As duas estudaram em colégio científico na Itália. Antes de se apaixonarem por arquitetura e design, já tinham uma facilidade de entender os princípios da Física. Leis de peso, velocidade. Não são artistas, mas físicos clássicos, que inspiram as meninas: Arquimedes, Pascal. As obras parecem saídas de um laboratório. Funcionam. E são lindas.

As exposições do FUORISALONE 2010 em Milão acontecem até o dia 19 de abril em várias zonas da cidade.

MINDCRAFT10 – exposição dos designers da DANISH CRAFT
Via Savona, 55
Zona Tortona (metrô Porta Gênova)
Milão, Itália

FISICA APPLICATA
A mostra acontece dentro do BASEMENT, espaço subterrâneo do SUPERSTUDIO PÌU.
Via Tortona, 27
Zona Tortona (metrô Porta Gênova)
Milão, Itália

Acompanhe a hashtag #SemanadoDesign no perfil do FFW via Twitter.

A semana do design vai do dia 13 ao dia 19 de abril em Milão.

+ Informações sobre o Salão do Móvel de Milão: cosmit.it

+ Informações sobre o Fuorisalone: fuorisalone.it/2010

Steven Meisel mostra a cara em making of da ‘Vogue Itália’

15/04/2010

por | Moda

angela-lindwallAngela Lindvall no editorial “Shrink to Fit” © Reprodução

Para a nova edição da “Vogue Itália”, Steven Meisel fotografou, com styling de Karl Templer, as principais peças da última temporada internacional de desfiles com um casting poderoso: Amber Valletta, Freja Beha Erichsen, Lara Stone, Monika Jagaciak, Abbey Lee Kershaw, Angela Lindvall, Joan Smalls, Giedre Dukauskaite e Gwen Loos. A beleza é assinada por Guido Palau e Pat McGrath, com perucas e muito spray.

steven-meisel4Lara Stone e suas curvas © Reprodução

O FFW mostra o making of do editorial com Steven Meisel em ação. Para quem não sabe, raramente ele mostra a cara:

Scissor Sisters anuncia disco com participação de Sir Ian McKellen

15/04/2010

por | Cultura Pop

scissor452cov

Com uma capa feita por Robert Mapplethorpe que traz um belo, digamos, statement, o Scissor Sisters anunciou nesta semana o lançamento de “Night Work”, seu primeiro disco após um hiato de quatro anos. O single “Fire With Fire” deve ser lançado ainda em abril.

O grupo americano, formado em 2001, ajudou a levar uma versão glitterizada da disco music para as pistas de dança nos anos 2000, com os CDs “Ta-Dah” (2006) e “Scissor Sisters” (2004).

De acordo com o jornal “The Guardian”, o novo álbum vem com participação de Sir Ian Mckellen (ele mesmo, o Gandalf da trilogia “O Senhor Dos Anéis”, ou, se preferir, o Magneto da saga “X-Men”) em um trecho da faixa “Invisible Light”. Também colabora o produtor Stuart Price, amigo e parceiro de longa data de Madonna. O álbum começa a ser vendido no dia 28 de junho.

Ouça um preview de “Invisible Light” e confira o tracklist completo de “Night Work”.

01.Night Work
02.Whole New Way
03.Fire With Fire
04.Any Which Way
05.Harder You Get
06.Running Out
07.Something Like This
08.Skin This Cat
09.Skin Tight
10.Sex And Violence
11.Night Life
12.Invisible Light

+ Site oficial: scissorsisters.com

+ Facebook: facebook.com/scissorsisters

+ Twitter: twitter.com/ScissorSisters

+ Myspace: myspace.com/scissorsisters

+ You Tube: youtube.com/scissorsisterstv

WGSN exclusivo: tendência boudoir chega ao varejo de roupas

15/04/2010

por | Moda

O boudoirestava em evidência nas passarelas em 2009. Em 2010, o WGSN foi atrás de peças com o mesmo apelo em varejistas como Marks & Spencer, Topshop Asos.com e C&A – a concretização de uma tendência é aparecer em redes de fast fashion.

Além do lado mais óbvio do boudoir, o bureau apresenta outras opções de adaptação que também evocam o estilo.

Veja abaixo os itens encontrados e algumas palavras-chave:

TOPS TIDO SUTIÃ

wgsn-tops-boudoirMarks & Spencer, C&A e Asos.com: rendas, florais, bordados ingleses e maior comprimento © WGSN

VESTIDOS CORSET

wgsn-corset-boudoirNew Look, Asos.com e Marks & Spencer: contornos aparentes, sutiãs embutidos, detalhes de lingerie, estruturados internamente © WGSN

BABADOS

wgsn-babados-boudoirClub Monaco, Miss Selfridge e Asos.com: babados românticos na parte da frente, mais sutis, na parte de baixo de saias © WGSN

APLICAÇÕES

wgsn-aplicacoes-boudoirMiss Selfridge, Debenhams e Dorothy Perkins: paetês, tons de nude, com cara de vintage © WGSN

TRANSPARÊNCIAS

wgsn-transparencia-boudoirMiss Selfridge, New Look e Asos.com: nos detalhes, nos babados, em seda e chiffon © WGSN

RENDAS

wgsn-rendas-boudoirTopshop, Debenhams, House of Fraser e Reiss: camadas de rendas, detalhes em transparência e com babados © WGSN

Não dá para fechar a matéria sem dizer que, na temporada de Inverno 2010, a tendência continua forte. Se Giambatista Valli, Giles, Louis Vuitton, Missoni, Dolce & Gabbana e Forum não são suficientes, há o desfile inteiro da Rosa Chá!

Veja mais exemplos do boudoir na galeria.

Jennifer Aniston lança primeiro perfume

15/04/2010

por | Beleza

texto-lolavieA atriz Jennifer Aniston criou, em parceria com o Grupo Falic (o mesmo que anda licenciando o nome de Christian Lacroix por aí), sua primeira fragrância, batizada de “Lolavie” – a história por trás do nome ela não conta, mas há uma semelhança, pelo menos fonética!, com “l’eau de la vie” (a água da vida, em francês).

A ideia não é nova. Sarah Jessica Parker, Paris Hilton, Britney Spears, Antonio Banderas, Kate Moss, Jennifer Lopez, entre muitos outros, já tiveram perfumes com seus nomes e rostos. O esquema é fácil e frequentemente lucrativo: perfumistas profissionais trabalham a partir de algum conceito da celebridade e lhe apresentam os resultados. Quando o famoso em questão aprova, o perfume entra em produção. Salvo algumas exceções, a celeb só aparece mesmo na hora da promoção do produto.

Por enquanto é Elizabeth Taylor que comanda a lista dos que mais faturam, mas Aniston pode chegar lá. Ela já era uma das queridinhas da América antes da separação de Brad Pitt e ganhou ainda mais simpatia do grande público quando o ator se envolveu publicamente com Angelina Jolie, então fãs não faltarão (a imprensa, que adora pintá-la como uma solitária apaixonada pelo ex-marido, é outra história).

Também ajudaria o fato da atriz ter três grandes filmes em produção, um prestes a chegar aos cinemas e já ser um ícone de beleza – as mulheres amavam o corte “Rachel” nos anos 1990 como hoje amam as luzes do cabelo perfeitamente liso da americana.

Será que é bom?

#SemanadoDesign: evento começou em Milão, veja fotos!

14/04/2010

por | Cultura Pop

Por Juliana Lopes, de Milão

Lançado na noite da terça-feira (13/04) oficialmente em Milão, o Festival do Design Público abre a Semana do Design na cidade. O que parecia ser um tema, não é. “We Love Public Space” é uma direção. Milão, ou pelo menos os designers de Milão, amam o espaço público. Os idealizadores do festival são os criadores da Esterni, órgão que promove os concursos e o fomento por ideias avançadas de convivência urbana. Desde ontem estão expostos nas ruas em torno da estação de Porta Genova os trabalhos vencedores. Bebedouros de água para adultos, crianças, passarinhos e cachorros. Uma rede para deitar em cima de plantas. Um megafone gigante para quem quiser ser ouvido. As ideias são variadas, como as origens dos designers-artistas-e-ou-arquitetos. Dinamarca, Holanda, Itália, Argentina, por exemplo.

“Nós amamos o espaço público porque para nós as cidades precisam ser pensadas. O design pode resolver muitos problemas de convivência, vivência, segurança e proteção ao ambiente”, disse Lorenzo Castellini, diretor da Esterni e um dos fundadores do Public Design Festival, ao FFW. Lorenzo é um guerreiro do design, sempre em contato com a prefeitura de Milão para conscientizar os órgãos públicos e implantar as ideias na prática.

Para quem nunca ouviu falar na Semana do Design em Milão, o evento acontece assim: o Salão do Móvel, principal feira de tendência de design da Itália, deu origem a vários outros eventos paralelos que hoje já têm o próprio espaço e identidade, como o Fuorisalone (as mostras paralelas que invadem praticamente a cidade inteira) e o Public Design Festival, de design público. Quem quer novidades em design de objetos e decoração tem que passar pelo Salão do Móvel ou Fuorisalone. Os interessados em ver as propostas de soluções para o espaço urbano, correm pras manifestações do Public Design Festival.

Acompanhe a hashtag #SemanadoDesign no perfil do FFW via Twitter.

A semana do design vai do dia 13 ao dia 19 de abril em Milão.

+ Informações sobre o Salão do Móvel de Milão: cosmit.it

+ Informações sobre o Fuorisalone: fuorisalone.it/2010

Use com moderação: anos 70 fazem retorno minimal no inverno

14/04/2010

por | Moda

look-anos-70Looks de Kenzo, Salvatore Ferragamo, 3.1 Philip Lim, Chloé e Marc Jacobs ©firstVIEW

O minimalismo está de volta na moda. E se para alguns estilistas a tendência continua apática (looks de modelagem simples e tonalidades neutras como os da Celine e Jil Sander, só pra citar alguns exemplos), para outros ela vem bem menos careta: elementos típicos dos anos 1970 surgem como uma das mais importantes vontades da temporada.

Marc Jacobs e Philip Lim investiram no visual à la Annie Hall (do filme “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa”, de 1977), dando o pontapé inicial nos setentismos. A confirmação veio em Milão, onde Miuccia Prada e Salvatore Ferragamo reforçaram o movimento, enquanto em Paris coube a Kenzo e a Hannah MacGibbon, na Chloé, dar cara atual ao look de Ali MacGraw no clássico “Uma História de Amor”, também dos anos 1970.

A vibe 70s de agora vem aliada ao clima da estação: um guarda-roupa real para mulheres contemporâneas que precisam de praticidade + sofisticação + elegância. À medida que a modelagem skinny perde força, a pantalona volta a colocar a cintura na sua posição natural, enquanto as pernas ganham mais conforto nas modelagens amplas, quase bocas-de-sino.

No caso das calças, vale mencionar a importância do guarda-roupa masculino com o rigor típico da alfaiataria – elemento essencial para esta estação. Blusas levemente volumosas e arrematadas com laços nas golas são combinadas aos blazeres acinturados e pantalonas evasês. O mesmo pode ser dito para as saias e vestidos alongados que servem de base para sobreposições interessantes com vários tricôs de aspecto vintage que apareceram ao longo de toda temporada. Estampas florais, ou então grafismos geométricos, surgem como alternativa para os tons neutros que prevalecem nesta estação.