O boato virou notícia: Topshop abre primeira loja brasileira em abril

22/02/2012

por | Moda

Topshop abre loja no Brasil ©Reprodução

A marca britânica de fast fashion Topshop concretizou o sonho das milhares de fãs brasileiros e revelou finalmente que abrirá a sua primeira loja em abril no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo. O ponto, primeiro dos três que a grife abrirá durante o próximo ano em território nacional, terá mil metros quadrados de espaço e contará com as suas principais linhas: Boutique, a linha fashion da marca; Dress Up, uma linha de roupas de festa; Make Up, só de maquiagem; e Petit, linha especial para as mais baixinhas.

A Topshop promete chegar exatamente com a mesma coleção que está em Londres, inclusive com as peças da sua mais recente parceria, com a designer grega Mary Katrantzou.

Dois dos looks de Mary Katrantzou para a Topshop ©Reprodução

Os preços vão ser um pouco mais altos do que na sua versão original e podem variar entre os R$ 200 por uma blusa estampada e R$ 900 por um vestido bordado.

A marca, que é a única fast fashion que desfila na semana de moda londrina, é um case de sucesso do grupo Arcadia, gigante de varejo do Reino Unido adquirido em 2002 pelo empresário Philip Green: surgiu como a irmã caçula e cafona de uma outra marca maior e hoje é dos nomes mais cobiçados por fashionistas de todo o mundo. O segredo? Talvez a famosa combinação dos três “B’s”: Bom, Bonito e Barato — fórmula que define as redes de fast fashion.

Depois do seu crescimento, a marca abriu a sua linha masculina, a Topman, e construiu todo um universo a sua volta. Apadrinhou novos talentos com o seu patrocínio ao projeto New Generation, de apoio a novos estilistas da semana de moda de Londres, firmou parcerias de sucesso, como a que teve com Kate Moss, que durou três anos e esgotava em três segundos, e criou desejo ao vestir nomes populares do cenário fashion, como Alexa Chung e Olivia Palermo.

A vitrine do lançamento de uma das coleções de Kate Moss para a Topshop onde a modelo (de vestido vermelho) aparece como manequim ©Reprodução

O resto “faz-se sozinho”. As mais de 400 lojas espalhadas pelo mundo veem filas formadas de madrugada sempre que lançam uma coleção especial ou parceria e vendem o que têm nas araras como se fosse água. Resta esperar para ver como será a reação do público brasileiro.

Tags: