17.03.2010 / Cultura pop / por

Massive Attack comenta clipes com exclusividade ao FFW!

Ocupando o posto de inventor do trip-hop, o Massive Attack tem uma trajetória singular no universo da música pop. Atualmente uma dupla (Grantley “Grant” Marshall e Robert Del Naja), eles lançaram em fevereiro deste ano o “Heligoland”, seu quinto disco de estúdio.

Depois de liberarem na última semana o single “Saturdat Come Slow”, com participação de Damon Albarn (ex-Blur e atual Gorillaz), o duo concedeu entrevista ao portal FFW para falar sobre os videoclipes desta nova fase de trabalho: politicamente engajados, provocativos e sexualizados.

Confira:

“SATURDAY COME SLOW”

“Damon concordou em trabalhar conosco depois de dizer que não iria ser sugado por um vortex, e só ficaria por um período de duas semanas num esquema das 10h as 18h – e que só trabalharia com notas (musicais) altas, sem notas baixas de qualquer tipo! Claro que tudo isso mudou assim que chegamos lá”, contou Robert sobre a gravação da faixa.

Grant também confirma a genialidade do colaborador: “Uma vez que começamos as sessões, não houve mais essa de ‘olhar para trás’. Se tornou tão frutífero que parecia que se diminuíssemos o ritmo de trabalho, seria um desperdício. Ter Damon no estúdio nos cobrando foi um incentivo”.

“SPLITTING THE ATOM”

“Quando assistimos, achamos muito difícil de ver. Quando [o diretor] Bailey Wash sugeriu a ideia de filmar uma briga de touros, pareceu obviamente uma questão difícil e sensível, porque nós não concordamos com tortura ou crueldade. Claro que se alguém fica ofendido com o vídeo nós respondemos que estamos ofendidos também, e essa é realmente a intenção do videoclipe. É muito desconfortável, mas é algo que acontece o tempo todo e nós não estamos glamourizando a ideia, mas sim chamando atenção para ela”, conta Robert.

“PARADISE CIRCUS”

“Novamente uma ideia de Damon Albarn”, contou Grant. “É um trabalho brilhante. O surpreendente neste vídeo é que ele fica com você. E o depoimento da atriz – de que ela faria qualquer coisa para estar nas câmeras – foi dado há mais de três décadas. Enquadrado no ambiente cultural atual isso é incrível. O fato de nós estamos cercados por esse pensamento. As pessoas fazem qualquer coisa para aparecer, para estar na TV, e é isso que estava dominando as decisões dessa atriz na época, não importa o quão degradante ou estimulante fosse, essa era a razão para estar lá e é o elemento mais excitante para mim”.

+ Site oficial: massiveattack.com

+ Perfil no Twitter: twitter.com/MassiveAttackUK

+ Página no Facebook: facebook.com/massiveattack

+ Página no Myspace: myspace.com/massiveattack

+ Canal no You Tube: youtube.com/user/madotie


Relacionadas