Inès de la Fressange mostra em livro os segredos do charme francês

06/01/2012

por | Cultura Pop

Inès de la Fressange, maravilhosa aos 54 anos ©Reprodução

Que Inès de la Fressange havia lançado no meio de 2011 um guia sobre o estilo da mulher parisiense todo mundo já sabia. A versão em português do livro “A Parisiense”, no entanto, só chegou ao Brasil no final de dezembro por meio da Editora Intrínseca. Nas 233 páginas da publicação, a modelo francesa discorre preciosas dicas de moda, beleza e lifestyle, além de indicar lugares para comer, comprar e se hospedar em Paris.

Com a ajuda de sua filha, a bela Nine d’Urso, e da jornalista Sophie Gachet, Inès conseguiu capturar nas páginas de seu compêndio o “savoir-faire” das mulheres parisienses, reconhecidamente dotadas de uma elegância ímpar e um estilo despretensioso. “Você não precisa nascer em Paris para ter o estilo da parisiense. Eu sou o melhor exemplo disso: nasci em Saint-Tropez!”, garante Inès logo no início do livro. Para a modelo francesa, que no auge de seus 54 anos continua linda e com a mesma silhueta que exibia nas passarelas da Chanel nos anos 1980, o estilo natural da parisiense é um “estado de espírito”.

Ilustrações de Inès de la Fressange e a capa de “A Parisiense” ©Reprodução

Segundo Inès, o DNA da parisiense pode ser resumido em seis pontos principais: “Fuja dos conjuntos – esqueça o total-look: é preciso mis-tu-rar!”; evitar “tudo que é exagerado e chamativo. Não ter cara de perua é a ideia”; “Descobrir novas grifes. Principalmente se forem criativas e acessíveis”; conhecer o próprio corpo e usar o que lhe cai bem (“Você nunca vai ouvir uma parisiense se queixar que a saia está muito curta, o vestido muito apertado e os sapatos muito altos”); não ter ídolos e se inspirar na moda de rua e, finalmente, não seguir tendências e desconfiar das regras impostas pelo mercado (“É preciso saber tomar liberdades com as afirmações categóricas da moda”).

Após deixar claro os principais aspectos do código genético da mulher parisiense, Inèz de la Fressange dá dicas preciosas como, por exemplo, refletir sempre antes de comprar uma peça e dividir o orçamento em itens básicos – e de qualidade – e paixões “que tornam o guarda-roupa alegre”, que para a modelo seriam cintos, bolsas e bijuterias. Sobre os tais itens essenciais, Inès elenca o blazer, a capa de chuva, o suéter azul-marinho, a jaqueta de couro, as camisetas sem manga, os “pretinhos básicos” e as calças jeans. Possuindo esses clássicos, tudo é questão de saber compor.

Nine d’Urso encarna o espírito parisiense ©Benoît Peverelli/Reprodução

Para ilustrar as sugestões, Inès convocou a filha Nine d’Urso, que aparece passeando pelas ruas da capital francesa com looks sóbrios e cheios de charme. Nine, aliás já começou se destacar como modelo e recentemente estrelou a campanha do primeiro perfume da grife italiana Bottega Veneta (confira abaixo o vídeo da campanha). Além das fotografias da jovem, “A Parisiense” conta com uma série de desenhos feitos pela própria Inèz. Para não dizer que o guia de estilo não é completo, a modelo francesa ainda anexou ao livro um capítulo onde dá dicas do que vestir em ocasiões especiais, como uma noite romântica (“Revelar-se no primeiro encontro com um decote vertiginoso e uma minissaia supermíni, não dá!”), um jantar com amigos (“Pense básico – descarte o vestidinho cheio de fru-frus. Aposte na sobriedade”) e até um fim de semana no campo (“Deixe a “it bag” em casa e vá com uma cesta de palha ou uma sacola de algodão”).

 

Sobre envelhecimento e beleza, Inès de la Fressange assevera: “A parisiense de 20 anos examina a pele todo dia num espelho de aumento. A cinquentona, nunca. Depois de certa idade o conjunto é muito mais importante”. Talvez esse seja um dos segredos da francesa para refletir tanta autoconfiança. Os outros, segundo ela, são: tirar sempre a maquiagem antes de dormir, evitar peelings e esfoliações agressivas, visitar com frequência o dentista (“Um lindo sorriso e belos dentes fazem esquecer todo o restante!”) e ter cuidado com o que se come e a maneira com que se seca os cabelos, que para Inès é até mais importante do que o xampu que se usa (com muito bom humor, ela adiciona: “Pronto, acabo de perder qualquer possível contrato com empresas de cosméticos!”, o que sabemos não ser verdade já que Inès é uma das embaixadoras oficiais da L’Oréal).

“A Parisiense” segue ainda tratando de decoração, com direito a dicas de Inès de onde comprar móveis e acessórios para casa em Paris (e online). Como musa inspiradora da própria obra, Inès de la Fressange finaliza o compêndio falando de seus lugares preferidos em Paris e selecionando um roteiro para quem planeja visitar à cidade. Depois de ler – ou simplesmente folhear – o livro, é impossível não querer rearrumar todo o guarda-roupa, comprar todas as peças sugeridas e se mudar imediatamente para Paris.

O livro pode ser encontrado por R$ 49,90 na FNAC, Livraria Cultura e Saraiva.

Nine-d-Urso_Benoit_Peverelli
©Benoît Peverelli/Reprodução
Fotografia de Nine d'Urso para o livro ''A Parisiense''