Brigitte Bardot ganha mega-exposição

29/09/2009

por | Cultura Pop

A francesa Brigitte Bardot fez 75 anos ontem (28.09) e, para marcar a data, abriu no dia seguinte, em Boulogne-Billancourt, na França, uma exposição inteiramente dedicada à atriz, cantora, ativista de direitos animais, gypsetter, sex symbol e fenômeno do século 20.

texto-bbPôster da exposição dedicada à Brigitte Bardot, na França © Reprodução

“Brigitte Bardot, les années d’insouciance” é um tributo gigante à BB. O curador Henry-Jean Servat escolheu filmes (dentre os mais de 50 que ela fez), músicas (dentre as mais de 70), fotos (incluindo inéditas de Richard Avedon), cartas (do galã Alain Delon, entre outros), pinturas (Andy Warhol fez uma) e até estátuas – só não tem aquela que fica em Búzios, no Rio de Janeiro.

No Brasil, aliás, ela era adorada: causou comoção durante sua estadia no Copacabana Palace e virou até marcha de carnaval pelas mãos de Jorge Veiga:

Na moda, ela fez história com seus olhos delineados, seu penteado armado – o choucroute –, seu xadrez vichy, suas regatas – conhece o estilo Bardot? – e, principalmente, com sua liberdade de expressão. Brigitte tornou-se símbolo da liberação feminina e até hoje é referência para inúmeros editoriais e estilistas.

Na lojinha do museu estão vários produtos relacionados à Brigitte: o catálogo da exposição, móveis (!), álbuns, filmes, biografias e até sapatilhas Repetto com sua padronagem favorita.

A mostra fica por lá até o dia 31 de janeiro de 2010, e pode seguir para Nova York, Los Angeles ou Bruxelas. Alguém coloca São Paulo na lista, por favor?

“Brigitte Bardot, les années d’insouciance”
+ www.expobrigittebardot.com