Desfile de dedinhos? É o que aconteceu no Nails Fashion Week; o FFW conta!

09/06/2011

por | Beleza

nails-fashion-week-evento-com-desfile-de-esmaltesDesfile de dedinhos da Nails Fashion Week ©Divulgação

O fato de que a Nails Fashion Week é uma “semana de moda” que não dura uma semana e não apresenta moda é apenas o primeiro elemento de curiosidade desse evento voltado para esmaltes, que teve sua primeira edição nos dias 8 e 9 de junho. Mas a graça mesmo está no formato escolhido pelas idealizadoras Adrianne Elias e Luciana Medeiros: o de fazer jus ao nome “Fashion Week” e realizar desfiles das novidades das marcas participantes – com vídeos de dedos no lugar das modelos ao vivo.

A cena pitoresca aconteceu no espaço Villa dos Ipês, em São Paulo, e apesar do conceito aparentemente risível, o evento impressionou pela organização e estrutura bem similar à das semanas de moda oficiais do Brasil. A Nails Fashion Week contava com espaço amplo, DJ, comidinhas, lounges (um da Givenchy com maquiador e lançamentos de make, e um VIP), sala de imprensa com 30 computadores, estações com 25 manicures do salão Jacques Janines, que aplicavam as novidades apresentadas no evento e, finalmente, a sala de “desfile”.

Funcionava assim: a sala tinha uma espécie de arquibancada para os convidados se sentarem, e os desfiles em vídeo eram transmitidos no telão; na primeira apresentação do primeiro dia, o lugar estava tão cheio que muita gente teve que ficar em pé! Foi difícil não rir dessa cena de pessoas aglomeradas assistindo dedos desfilando em uma passarela virtual com cenário, trilha sonora e tudo – mas o público pareceu ter se divertido. Vejo o vídeo de desfile da Sally Hansen:

Desta primeira edição participaram cinco marcas: Sally Hansen, Alessandro, Givenchy, Avon e Colorama. O FFW conversou com Carla Tunkel, gerente da Sally Hansen no Brasil, e ela contou como aconteceu a parceria com o evento: “Foi bem diferente (risos). Eu estava fazendo um outro trabalho, fazendo pesquisas na internet, quando cruzei com um vídeo teaser da Nails Fashion Week. Entrei em contato com a organização por Facebook, pedindo mais informações, se o evento já havia acontecido ou não, daí elas me encontraram, e a gente acertou e produziu tudo em um mês”.

O FFW conversou com Luciana Medeiros, uma das idealizadoras do Nails Fashion Week, para descobrir mais sobre a concepção do evento; confira!

Adrianne Elias e Luciana Medeiros, as idealizadoras do NFW, no primeiro dia de evento ©Thiago Borba

Qual é a ideia do Nails Fashion Week? Esse é um nome engraçado, porque ele não é de moda e não dura uma semana.

Na verdade ele é as duas coisas, porque hoje o esmalte é um acessório de moda importante e reconhecido, tanto que todos os estilistas se preocupam com isso quando vão compor o desfile. Então o evento é de moda, apesar de ele ser voltado para o universo feminino, focado nos esmaltes. E ele foi idealizado por mim e pela minha sócia Adriana Elias, que somos duas empreendedoras loucas que acreditamos nas nossas ideias, e estamos construindo uma marca.

Vimos o vídeo de uma blogueira, a Juliana Lima [do blog Querido Esmalte], na internet, idealizamos isso e colocamos em pé em tempo recorde, cinco meses. Aconteceu tudo muito rápido, porque como saiu uma nota do evento, tivemos que correr pra ninguém fazer antes, porque ideia não tem dono, né (risos). Então a gente começou com dois dias porque as marcas não conseguiam se programar, não tinham os lançamentos prontos, mas todas as marcas nos procuraram e a gente criou isso muito rápido, inicialmente em dois dias. Então o nome é “fashion week” porque a ideia é que ele cresça e quem sabe chegue a uma semana, porque marca com esmalte é o que não falta hoje.

Então vocês lançaram a nota do evento e as marcas é que procuraram vocês?

Todas as marcas. A gente deu a nota pra prender a ideia… e não dormimos mais! (risos)

E quais são os planos para o futuro? Já há uma previsão de quando será a próxima edição?

A ideia é que seja anual; é uma ideia nova, em um mercado que está fervendo mas que também está se adaptando porque nem todas as empresas de cosméticos direcionavam uma verba grande de marketing para o esmalte. Então é um mercado novo, entre aspas, que está crescendo, e vamos ver o que acontece.