Portal FFW - Google +

Gisele de cabelo curto! Saiba como foi feita campanha com top em penteado joãozinho

03/07/2014

por | Fotografia

Primeira imagem divulgada da campanha Outono/Inverno 2015 da Balenciaga, que traz Gisele Bündchen de cabelo curto ©Reprodução

Gisele Bündchen aparece em diversas campanhas do Outono/Inverno 2015 — como Pucci, Isabel Marant e Chanel No. 5 —, mas uma chama a atenção em especial. Na sexta-feira (27.06), quando o “WWD” publicou em primeira mão a nova campanha da Balenciaga, as pessoas ficaram chocadas. Não, ela não resolveu cantar novamente, mas aparece de cabelo curto. A imagem é tão realista que muita gente chegou a pensar que ela teria realmente cortado o cabelo. Mas não foi necessário chegar a esse ponto e, nesta segunda-feira, o “Style.com” publicou com exclusividade uma entrevista com o estilista Alexander Wang, diretor criativo da marca, explicando como foi o processo.

+ Clique aqui para ler matéria do FFW Models sobre as campanha de Outono/Inverno 2015 com Gisele Bündchen.

No texto, o “Style.com” lembra que Gisele só se tornou o que ela é graças às suas curvas e ao cabelo com ondas. E que Wang está na Balenciaga com o objetivo de fazer as coisas de um jeito diferente. A busca por inovação pode ser vista na coleção de sua terceira temporada na grife, quando ele experimentou jogando formas assimétricas com códigos clássicos da marca. Na campanha, não foi diferente. Fotografada por Steven Klein, a imagem chama a atenção não somente pelo cabelo curto de Gisele, mas também por mostrar uma visão em 360 graus do local, por meio de um jogo de espelhos, que torna tudo ainda mais intrigante.

+ Veja todos os looks do desfile Outono/Inverno 2015 da Balenciaga.

Wang explicou que a campanha envolveu uma grande equipe, incluindo Jane Choi, especialista que trabalha com próteses para filmes. Eles passaram dois dias trabalhando com uma dublê de corpo de Gisele para produzir uma prótese de careca. Então, pegaram outra dublê, em quem fizeram o corte de cabelo. Para cada foto feita com Gisele, eles fizeram a mesma imagem com a dublê de “cabelo”. E depois a imagem de Gisele foi fundida com a da dublê. As imagens ainda foram retocadas por Pascal Dangin, quem Wang chama de “um verdadeiro artista”.

O estilista disse que a vontade de trabalhar com Gisele na campanha surgiu no desfile, que foi encerrado pela top. “Gisele tem estado por aí e tem sido mostrada em muitas maneiras diferentes. Então nós dissemos: ‘ok, nós queremos mostrar Gisele de uma forma que as pessoas nunca tenham a visto antes’. Essa era nossa primeira meta a ser alcançada, e isso é muito difícil para alguém que fez quase tudo e tem trabalhado com tantas marcas e pessoas diferentes!”, comentou Wang na entrevista ao “Style.com”.

Gisele teve que chegar três horas antes de cada sessão de foto apenas para colocar a prótese de careca. Seu cabelo foi enrolado em torno da cabeça (como numa “touca”), mas com muito cuidado para que ficasse bem rente, e então era colocada a prótese, que ainda era pintada com a mesma cor da pele de Gisele. Por isso, Wang compara o trabalho com o que foi feito em filmes como “X-Men”. “Toda vez que era feita uma foto, era uma espécie de loucura, porque era a foto de Gisele com a prótese, e o que a gente visualizava era uma Gisele careca. Aí a gente ia e fazia a mesma foto com a dublê de corpo, e repetia todo esse processo. No final, ver tudo isso junto foi realmente mágico.”

+ Veja mais imagens da campanha  Outono/Inverno 2015 da Balenciaga:

balenciaga-gisele-bundchen-ad-1
Reprodução

Mercado de underwear: grupo Rosset adquire marcas Triumph e Sloggi no Brasil

02/07/2014

por | Business

Triumph é uma das marcas adquiridas pelo grupo Rosset no mercado brasileiro, ao lado da Sloggi ©Reprodução

O grupo Rosset, dono das marcas Valisere, Valfrance, Cia. Marítima, Água Doce, Doutex e a estamparia Salete, anunciou a aquisição da unidade de negócios da Triumph. Além do parque fabril, que inclui instalações de produção e distribuição em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, o grupo sediado em São Paulo também terá o direito às marcas Triumph e Sloggi no mercado brasileiro.

De acordo com o comunicado à imprensa, a Triumph e a Rosset são empresas familiares que já tinham relação comercial de longa data.

Fundado em 1939, o grupo Rosset é considerado o maior grupo têxtil da América Latina e tem dois mil funcionários em seis unidades produtivas, de onde saem cerca de 750 toneladas de tecidos/mês. Anualmente são produzidas oito il toneladas de tecidos em malha, que utilizam diversos tipos de matérias-primas, naturais e sintéticas, com ênfase na utilização do fio elastano Lycra. Esses tecidos abastecem as marcas que pertencem ao grupo, como Cia. Marítima e Valisere (aliás, marca que internacionalmente pertence à Triumph).

A Triumph está presente no mercado brasileiro desde 1968, após aquisição da Fábrica de Filó. Todos os produtos são criados para o mercado brasileiro, onde a marca é uma das três maiores no segmento de moda íntima. A filial brasileira também está sediada em Nova Friburgo e emprega cerca de 1,3 mil pessoas.

De Madonna a Hepburn, Gwyneth Paltrow interpreta ícones em nova campanha

02/07/2014

por | Beleza

Gwyneth Paltrow caracterizada como Audrey Hepburn para a nova campanha da Max Factor ©Reprodução

Que Gwyneth Paltrow é linda todo mundo já sabe. Mas desta vez ela provou que pode ser realmente camaleônica. Na nova campanha da Max Factor, empresa com a qual tem contrato desde 2012, ela reencarna ícones de beleza históricos — inclusive a eterna bonequinha de luxo Audrey Hepburn, como na imagem acima.

+ Gwyneth Paltrow e outras famosas assinam versão da bolsa Peekaboo, ícone da Fendi

Com maquiagem assinada pela diretora de criação da Max Factor, Pat McGrath, a atriz reinterpreta Brigitte Bardot, Farrah Fawcett e Madonna, além de Audrey. A campanha celebra o aniversário de 100 anos da marca de beleza e sua história como um dos pilares da indústria cinematográfica de Hollywood — Max Factor era um empresário do ramo de beleza e maquiador de Hollywood que trabalhou com nomes como Bette Davis e Judy Garland.

+ Conheça mais sobre Pat McGrath; leia perfil da maquiadora.

Confira as imagens da nova campanha da Max Factor com Gwyneth Paltrow:

A atriz no estilo Farrah Fawcett ©Reprodução

Gwyneth interpreta Madonna nos anos 1980 ©Reprodução

E Paltrow fazendo as vezes de Brigitte Bardot ©Reprodução

Beyoncé é celebridade mais poderosa do ano; Gisele é única brasileira na lista da Forbes

01/07/2014

por | Gente

Beyoncé é a celebridade mais poderosa de 2014, segundo revista “Forbes” ©Getty Images

Who run the world? Segundo a “Forbes“, é Beyoncé. A revista publicou a lista de 2014 das celebridades mais poderosas do mundo, a “Celebrity 100″, e a cantora ocupa a primeira posição — seu marido, Jay Z, está em 6º lugar.

+ Com looks de Diesel e Versace, figurino de Beyoncé dá o que falar na turnê On the Run

A revista destaca que a norte-americana realizou 95 shows, arrecadando cerca de US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 5,2 milhões) em cada apresentação, de acordo com a Pollsatr. E ainda afirma que ela lançou seu álbum mais “criativo”, intitulado “Beyoncé”, que chegou ao iTunes praticamente sem publicidade e foi anunciado como um álbum visual, já que havia um clipe para cada faixa. A música “Drunk in Love” vendeu mais de 1 milhão de cópias.

A “Forbes” justifica que Beyoncé “construiu um pequeno ‘império de business’”, e faturou milhões participando de campanhas como H&M e Pepsi. Ela ainda possui uma linha de fragrâncias e a marca House of Dereon. A estimativa é que a cantora tenha arrecadado cerca de US$ 115 milhões (R$ 252 milhões) entre junho de 2013 e junho de 2014.

Gisele aparece na 56ª posição e é único brasileiro na lista das cem celebridades mais poderosas do mundo ©Getty Images

Gisele Bündchen é a única brasileira na lista, onde aparece em 56º lugar. A top embolsou cerca de US$ 47 milhões (R$ 103 milhões) em 12 meses, se tornando a modelo mais bem paga do mundo pelo oitavo ano consecutivo. Além dos contratos altamente lucrativos com marcas como H&M, Chanel e Carolina Herrera, Gisele possui uma marca própria de lingerie, a Gisele Bündchen Intimates.

+ Leia matéria sobre campanha que traz Gisele Bündchen com cabelo curtinho.

+ No FFW Models, veja as campanhas de Outono/Inverno 2015 estreladas pela top brasileira.

Outros nomes que fazem parte da lista são Rihanna (8º), Jennifer Lawrence (12º) e Miley Cyrus (17º).

Contrato fechado: baiano Vitorino Campos é o novo estilista da marca Animale

01/07/2014

por | Moda

O estilista Vitorino Campos, novo estilista da marca carioca Animale ©Fotosite

Desde que surgiu no cenário de moda, a estrela do baiano Vitorino Campos não para de crescer. Após chamar a atenção com ótimas coleções no SPFW, ele agora acaba de ser contratado como novo estilista da Animale, segundo reportou o site da “Vogue” brasileira. A grife já postou em seu perfil no Instagram uma foto com a legenda “bem vindo, Vitorino!”. Ele também estava sendo sondado por outra grande marca brasileira.

Ele entra no lugar de Priscilla Darolt, que há um mês assumiu a direção de estilo da grife Sacada após 10 anos na Animale. Luis Fiod, que já fazia dupla com Darolt na Animale e já havia deixado a marca, também foi contratado. 

+ Reveja a coleção de Verão 2014 de Vitorino Campos

+ Veja a última coleção da Animale sob direção de Priscilla Darolt

Segundo a “Vogue”, a Animale está com um planejamento de internacionalização e deve começar a abrir lojas no exterior no prazo de um ano e meio.

O jovem estilista passa a dividir seu tempo entre Salvador e Rio e mantém sua própria grife em funcionamento, o que é uma ótima notícia. Sua estreia está marcada para a temporada de Inverno 2015 no SPFW, em novembro. Através de sua assessoria, a Animale divulgou o seguinte comunicado: 

“A Animale, uma das maiores marcas do cenário da moda  nacional, anuncia a chegada de Vitorino Campos para a sua equipe. Depois de uma extensa seleção entre renomados estilistas nacionais e internacionais, a Animale contratou o baiano para assinar o desfile e a linha premium da marca em parceira com Beth Nabuco, diretora criativa da grife. Segundo Roberto Jatahy, presidente do grupo Animale, a contratação de Vitorino Campos faz parte da nova estratégia de comunicação. ‘Quando optamos pelo afastamento da agência Mint e da estilista Priscila Darolt, buscamos um parceiro que acompanhasse a internacionalização de nossa marca que será feita nos próximos 18 meses.”

Após 16 anos, Didier Grumbach deixa a Fédération Française; veja quem entra em seu lugar

01/07/2014

por | Business

Didier Grumbach, que passa o cargo para o empresário Ralph Toledano ©Reprodução

Mudanças no círculo da alta moda francesa. O presidente da Fédération Française de la Couture du Prêt-à-Porter des Couturiers et des Créateurs de Mode, Didier Grumbach, deixa o cargo após 16 anos.

Entra em cena o empresário Ralph Toledano, atual presidente da divisão de moda do grupo Puig e diretor da Chambre Syndicale du Prêt-à-Porter des Couturiers et des Créateurs de Mode

A federação tem três grupos associados, todos chamados de Chambre Syndicale: um para alta-costura, um para o prêt-à-porter feminino e outro para o masculino. Quem dirige o masculino hoje é Sidney Toledano, presidente da Dior (sem parentesco com Ralph).

Didier deixa o posto aos 77 anos, com sensação de missão cumprida. Conhecido como uma verdadeira enciclopédia sobre a moda francesa e seus criadores, ele foi uma pessoa fundamental para instaurar o negócio do prêt-à-porter durante as décadas de 50 e 60. Viajava para China e Índia, levando a bandeira francesa para construir relações comerciais com mercados emergentes. “Nós somos apenas um mercado: o mundo. Não há fonteiras”, ele disse certa vez, segundo o WWD, que publicou a notícia nesta manhã.

Ele também foi um forte defensor dos novos talentos. Criou um fundo chamado Moda e Finanças que leva meios a jovens designers. Também está por trás do Designers Apartment, inictaiva que encoraja novos talentos a receber pedidos antes de mostrar a coleção na passarela e ainda estabeleceu o Cercle Saint-Roch, que estreita a ligação entre empresas e estudantes de moda.

Didier foi um dos fundadores da Thierry Mugler e, ao lado de Pierre Bergé, ajudou na fundação da linha Yves Saint Laurent Rive Gauche.Ralph é executivo conhecido. Já foi CEO da Chloé, St John e Jean Paul Gaultier. Ele é conhecido por sua habilidade em renovar as empresas.

A troca oficial é no dia 1 de setembro. 

Mais é demais: linha de bijoux maximalista de Oscar de la Renta desembarca na LOOL

01/07/2014

por | Moda

Detalhe dos acessórios da passarela de Inverno 2014/2015 de Oscar de la Renta ©Agência Fotosite

A LOOL, multimarcas paulistana especializada em acessórios, traz uma novidade para suas prateleiras neste mês de junho: a coleção de Inverno 2014/15 de Oscar de la Renta. A novidade, trazida com exclusividade por Luiza Setúbal para o Brasil, conta com brincos, braceletes, anéis e colares com ares maximalistas e também um quê de antiguidade. Com muito dourado e pedraria, as peças são ótimas para as mulheres fãs do estilo barroco na moda. Os preços variam entre R$ 1.598 e R$ 5.998.

+ Veja o desfile de Inverno 2014/15 de Oscar de la Renta.

LOOL

Shopping Iguatemi – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, São Paulo
Shopping JK – Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2014, São Paulo

LOOL - ODLR R$ 3.998 (64)
Colar, R$ 3.998 ©Divulgação

Parceria: Raf Simons e Colette assinam novas versões de tênis clássicos da Adidas

01/07/2014

por | Moda

Detalhe da passarela de Raf Simons na Semana de Moda Masculina de Paris ©Agência Fotosite

Com a tendência esportiva em alta há algumas temporadas, nada mais natural que estilistas renomados começassem a emprestar sua assinatura para artigos clássicos desse estilo, como o tênis. A mais nova parceria nesse sentido foi firmada entre o diretor criativo da Dior, Raf Simons, e a loja francesa Colette, que fizeram releituras a quatro mãos de modelos clássicos da Adidas para o próximo verão do hemisfério Norte.

+ Clique aqui para ver os principais desfiles da Semana de Moda Masculina de Paris Verão 2015.

O lançamento, que deve chegar às lojas em fevereiro, conta com os tênis Stan Smith, Response Trail e Bounce e com o chinelo Adilette. O début da novidade aconteceu no último desfile masculino de Simons, durante a Semana de Moda de Paris. De acordo com o site Hype Beast, os preços da coleção variam entre U$ 195 e U$ 1.120 (ou R$ 430 e R$ 2.464).

+ Conheça as peças da nova coleção de Raf Simons em parceria com a Colette para a Adidas na galeria abaixo:

adidas-by-raf-simons-2015-spring-summer-collection-001
Reprodução
Stan Smith

Com projeto de Frank Gehry, Louis Vuitton abre supermuseu em Paris neste ano

30/06/2014

por | Moda

Imagem do Museu Louis Vuitton, que será inaugurado este ano em Paris ©Reprodução

Finalmente o museu Louis Vuitton tem uma data de abertura. O espaço será inaugurado ainda neste ano, no dia 26 de outubro, após mais de dez anos entre ideia, projeto e finalização.

Não é para menos. Localizado na periferia de Paris, em Jardin d’Acclimatation, o prédio foi projetado pelo arquiteto estrela Frank Gehry, que construiu 11 galerias usando o vidro como principal elemento e criando a ideia de uma espécie de iceberg, com volume, luz e vigor. Frank desenvolveu uma maneira de usar o vidro de forma que ele pode ser curvo com a máxima precisão.

Veja o site oficial, com todas as fotos.

O espaço acomodará a coleção de arte da LVMH Moët Henessy Louis Vuitton e irá expor mostras especiais, eventos e performances. “Essa é uma maneira de recompensar nosso público e nosso staff”, diz Bernard Arnault à rede de televisão francesa TF1.

Segundo Jean-Paul Claverie, gerente de filantropia da LVMH, “o museu irá expressar valores artísticos, culturais e emocionais. É uma fundação realmente sem fins lucrativos, devotada ao público”.

Pela grandiosidade do projeto, a primeira exposição vai focar no desenvolvimento do espaço em si, e fica em cartaz até o dia 5 de janeiro de 2015.

FFW Models: Gisele brilha mais uma vez, agora nas campanhas para o Inverno 2015

30/06/2014

por | Gente

Gisele na campanha de Emilio Pucci ©Reprodução

Para ver todas as campanhas, visite o FFW Models

 

À la Mick Jagger: Saint Laurent encerra semana masculina de Paris em clima rock’n'roll

30/06/2014

por | Moda

Desfile da Saint Laurent na semana de moda masculina de Paris Primavera/Verão 2015 ©ImaxTree

A temporada de moda masculina Primavera/Verão 2015, que foi aberta no dia 15 em Londres, terminou com a semana de Paris, que aconteceu entre quarta-feira (25.06) e domingo (29.06). Entre a capital inglesa e a francesa, os fashionistas já estiveram em Florença, na Pitti Uomo, e em Milão, ambas na Itália. E fecharam o calendário em Paris, cidade onde a semana de moda é conhecida por reunir nomes de peso da moda global, como Dior e Saint Laurent, misturados a marcas mais vanguardistas, como Rick Owens e Comme Des Garçons.

+ Veja como foi a semana de moda masculina em Milão.

+ Além do street style: Pitti Uomo fecha com aumento no número de visitantes e de compradores.

+ London Collections: Men abre temporada de moda masculina de Primavera/Verão 2015.

A semana de Paris conta com nomes mais frescos, os grandes responsáveis por arejar a passarela francesa, como Christophe Lemaire, Haider Ackermann, Raf Simons, Phillip Lim, Yohji Yamamoto, Dries Van Noten, Junya Watanabe, Martin Margiela e Ann Demeulemeester. Do outro lado, temos as grandes e tradicionais maisons, entre elas Valentino, Louis Vuitton, Givenchy, Hermès e Lanvin. No fim das contas, o que realmente atrai o público e é o DNA da semana de Paris é essa mistura entre o contemporâneo e a tradição, o comercial e o conceitual.

+ Leia artigo da editora Camila Yahn sobre a temporada masculina passada, de Inverno 2014/15.

Confira abaixo os principais desfiles da Semana de Moda Masculina de Paris:

Lucien Pellat Finet
Christophe Lemaire
Carven
Y/Project
Walter Van Beirendonck
Valentino (assista ao vídeo)
Haider Ackermann
Julien David
Raf Simons
3.1 Phillip Lim
Issey Miyake Men
Rick Owens
Andrea Crews
Louis Vuitton
Yohji Yamamoto
Dries Van Noten
Junya Watanabe Man
Maison Martin Margiela
Ann Demeulemeester
Juun.J
Krisvanassche
Cerruti
Comme des Garçons Homme
Givenchy
Kenzo
Sacai
Études Studio
Dior Homme
Hermès
Lanvin
Agnès B.
Paul Smith
Thom Browne
Saint Laurent

Segunda marca de Patricia Bonaldi, Pat Bo estreia no próximo SPFW

27/06/2014

por | Moda

A estilista Patricia Bonaldi no último desfile da marca Pat Bo, em março ©Luciana Prezia/Divulgação

A próxima edição do São Paulo Fashion Week (SPFW), que será a temporada Inverno 2015, já tem uma estreia confirmada. A Pat Bo, segunda marca da estilista Patricia Bonaldi, entra para o calendário do evento que acontece entre os dias 3 e 7 de novembro no Parque Villa-Lobos.

+ Confira em galeria de fotos quem esteve no desfile da Pat Bo Inverno 2014, realizado em março.

A marca tem apenas três anos e foi convidada pelo CEO da Luminosidade, Paulo Borges. “Apesar de estar no mercado de moda há bastante tempo, estou muito ansiosa para o dia do grande evento”, disse Patricia.

A grife principal da estilista, que leva seu nome, é reconhecida por seus vestidos de festa e nunca desfilou no SPFW. A segunda marca, Pat Bo, é mais comercial e foi lançada em 2012 e oferece modelos casuais sem perder a identidade da estilista, conhecida pelo trabalho de bordados, pelas peças femininas e que ressaltam as formas do corpo. Tecidos como veludo, couro, renda, seda e chamois são a base para as criações de saias e vestidos curtos e longos, camisas, shorts, calças e coletes, que estão à venda em mais de 85 pontos em todo Brasil ou na loja própria, no JK Iguatemi, em São Paulo.

Essa é a primeira estreia anunciada para a próxima edição do SPFW. Acompanhe o FFW e fique por dentro de tudo que acontecerá na temporada Inverno 2015.

Imagem da campanha Inverno 2014 da grife Pat Bo ©Divulgação

Um dos melhores do mundo, cabeleireiro Guido Palau fala sobre carreira e tendências

26/06/2014

por | Beleza

O mestre dos cabelos Guido Palau ©Divulgação

O cabeleireiro britânico Guido Palau é uma das principais referências do mundo quando o assunto é hairstyling. Só na temporada passada, de Inverno 14/15, ele assinou os cabelos da Calvin Klein, Louis Vuitton, Alexander Wang, Alexander McQueen, Christopher Kane, Dolce & Gabbana e Lanvin, entre outras.

Seu trabalho é publicado em revistas como “Vogue”, “Love”, “W” e “V”, com participações mensais, ou seja, Guido é um dos profissionais mais requisitados do circuito fashion.

Palau começou trabalhando no salão do lendário Vidal Sassoon em Londres, e logo enveredou pelos editoriais de beleza com pegada mais artística, onde ele podia livremente criar seus cabelos impensáveis ou “apenas” contribuir de forma impecável às ideias de fotógrafos e stylists.

A grande virada veio quando ele foi convidado para cuidar dos cabelos das modelos do videoclipe “Freedom”, de George Michael, entre elas Linda Evangelista, Cindy Crawford e Naomi Campbell. A partir daí começou a trabalhar com o fotógrafo David Sims, o que despertou a atenção da revista “The Face”, que por sua vez chamou a atenção da Calvin Klein, que contratou Guido para trabalhar nos desfiles da marca. O caminho estava feito.

Em 2005, ele começou  a atuar como consultor criativo da Redken, cargo que mantém até os dias de hoje. E foi através da marca que conseguimos essa entrevista com o mago dos cabelos. Abaixo, ele fala sobre tendências, comportamento da mulher e sobre suas referências.

TENDÊNCIAS PARA O VERÃO 2014 

Quais as principais tendências para os cabelos neste ano de 2014?

Tem tudo a ver com cor, especialmente no próximo verão. Cor muito extrema, loiros extremos, vermelhos extremos. O tom do cabelo transformou-se numa parte grande do estilo das pessoas. A inspiração veio dos loiros, vermelhos, castanhos icônicos e também de olhar muito as animações, os desenhos, os animes e mangás. Também há o conceito do penteado minimalista que mostrei em desfiles como o do Alexander Wang e da Céline. Para esse tipo de penteado, há muitas técnicas e produtos para conseguir acabamento. Apenas porque é minimalista não significa que seja simples. Há muitas coisas e vários produtos que fazem com que um visual simples de cabelo pareça mais dramático do que realmente é. Esse é o tipo novo do sofisticação.

O cabelo minimalista que Guido fez para o Verão 14 de Alexander Wang ©Imaxtree

O que apareceu de mais bacana em termos de visual nessa estação?

Os estilos intencionalmente suavizados desta estação provam que um cabelo fácil pode também parecer extremamente elegante. Enquanto o cabelo parece simples e despenteado, o visual total em si é muito luxuoso e legal. Não tem nada a ver com cabelo cheio de volume, mas uma elegância mais suavizada, discreta. Para conseguir um visual similar, as mulheres devem começar a jogar com sua textura natural do cabelo. É preciso aplicar produtos específicos para pentear, seja quando seu cabelo ainda estiver úmido ou depois que secar, pois isso irá realçar sua textura natural.

O cabelo cor de platina parece algo que se deva experimentar. Qualquer um pode usar? 

O cabelo platinado tem sido uma tendência enorme. Nós colorimos um número de meninas platinadas para o desfile Verão 2014 da Prada. A cor combina melhor com tons de pele e cabelo mais claros. Se o cabelo for demasiado escuro a cor pode ficar uma pouco amarelada e não “nórdica” o bastante.

Quem você acha que são as próximas grandes modelos para se ficar de olho?

Há algumas meninas que estão se destacando muito, como Anna Ewers, Ophelie Guillerman e Ola Rudnicka.

Como você se sente quando acaba de produzir a última modelo a entrar na passarela?

É uma sensação incrível. Eu posso ver todo o trabalho árduo que foi feito nas últimas semanas para criar o visual e toda a coleção. É um sentimento de grande realização.

Modelos platinadas para o Verão 14 da Prada ©Imaxtree

O que sustenta você durante a semana da moda? Como você se prepara para ela? Tem algum ritual especial?

Não há nenhuma maneira para se preparar para a confusão que é uma semana da moda. É como um redemoinho e quando chega a hora, é pouco tempo para qualquer outra coisa. Eu me certifico de ir para minha aula de spinning regularmente e tento me alimentar pelo menos uma vez por dia com uma refeição saudável.

INSPIRAÇÕES E ÍCONES

Você sente que o mundo dos bastidores tem mudado ao longo dos anos? O cabelo se transformou numa parte mais integral do visual; os designers estão mais conscientes agora de que o cabelo comunica e complementa a roupa?

As mudanças no cabelo e na moda vêm sempre da inspiração que conseguimos e ela está em toda parte. Está sempre evoluindo de algo que vimos antes no passado para uma história nova. O cabelo é um acessório sobre o qual temos mais controle. Nós podemos realmente criar o nosso próprio estilo e individualidade com nosso cabelo e expressar não só a nós mesmos através dele, mas até as nossas crenças.

Onde você busca inspiração?

Eu encontro inspiração absolutamente em todos os lugares, seja simplesmente andando na rua ou olhando para projetos arquitetônicos, para sub culturas e música. O bom é quando você viaja bastante e pode obter inspiração de muitos países diferentes. Cada lugar tem sua própria personalidade, dessa forma, eu sou inspirado por museus, arte, exposições, música, arquitetura, projetos do mundo inteiro…

Quais produtos estão sempre em sua mala de beleza?

Um hairspray flexível, mas que sustente, como o Fashion Work 12 Versatile Hairspray da Redken, um produto protetor do calor na secagem, assim como o Pillow Proof Blow Dry Express Primer ou 0 Pillow Proof Blow Dry Express Primer.

Como você sabe qual é o melhor corte e a melhor cor para uma pessoa? Que fatores você leva em consideração?

Todas as mulheres são diferentes. Eu olho cada detalhe, a silhueta, a personalidade, a cor da pele, e cada PARTE do rosto e sua proporção.

Há alguma coisa as mulheres nunca devem fazer com seu cabelo?

Colorir elas mesmas.

Você acha que as mulheres têm motivações diferentes quando vão a um hair stylist mudar o visual?

As mulheres têm todos os tipos de motivações para mudar seu visual, mas no final das contas é porque querem ser alguma outra pessoa, “alguém nova”; as mulheres gostam de mudança. Não gostam de sentir-se presas em um visual; é a mesma coisa com roupas.

Você trabalha com modelos ao redor do mundo. Como faz para criar para tipos tão diferentes de mulheres?

Primeiramente, tem tudo a ver com roupas e compreender o tipo de mulher e a característica que o estilista imagina, a mensagem que ele quer retratar através das roupas. Há sempre uma história para contar. É importante compreender exatamente todos aqueles detalhes para criar o visual perfeito para esta mulher.

Você trabalhou recentemente com Sky Ferreira para a Redken Styling Press Event e para o American Salon Photo Shoot. Como foi trabalhar com Sky?

A experiência foi realmente divertida, ela é uma ótima garota. É muito inspirador para um cabeleireiro trabalhar com alguém que muda tanto e está de fato a fim de mudar. Essa é a Sky – uma pessoa que gosta de mudar e experimentar com sua beleza e seu cabelo. Ela é uma ótima e divertida porta-voz para a Redken.

Sky Ferreira com cabelos by Guido Palau ©Reprodução Redken

Do que você gosta sobre o estilo da Sky?  E o que você nunca faria com o cabelo dela?

É audaz, ela não tem medo de mudar seu visual, de transformar sempre. Ela veste Saint Laurent com algo mais e então o transformará em algo só seu. Tem suas próprias ideias, opiniões individuais sobre moda, o que realmente é inspirador. Agora, você nunca diz nunca com meninas como a Sky. Ela é um camaleão e está sempre mudando seu visual; um minuto ela quer um look de moleque e no próximo, quer ser uma sereia sensual. 

O que você acha de artistas que estão sempre se transformando?

Acho que Rihanna está inspirando muito os cabeleireiros. Ela está sempre tão linda e constantemente mudando seu cabelo, mas sempre com um belo estilo. Ela está se divertindo com seu sucesso e sua capacidade de mudar e está inspirando muito as mulheres a verem como podem ser diferentes.

VIDA & CARREIRA

Em que ponto de sua vida você decidiu abraçar uma carreira como cabeleireiro e por que?

Sempre fui muito curioso e era inspirado pelas revistas de moda e beleza que mostram trabalhos de profissionais notáveis, tais como Barry Lategan, Bruce Webber e o cabeleireiro holandês Christian, cuja abordagem livre ao estilo empurrava os limites de seu tempo. Foi durante o início dos anos 1980, quando movimentos da subcultura, como a New Wave, o Indie e o Gótico coexistiram e moldaram um conjunto criativo que mudaram as tendências de cabelo em relação a corte e coloração. Tudo isso despertou meu interesse por cabelos.

Que marcos foram importantes para sua carreira?

Há muitos! George Michael, a mostra Savage Beauty, de Alexander McQueen, no MET,  e os fotógrafos Steven Meisel e David Sims.

Qual foi sua foto mais importante e por quê?

Para a Versace, com Kate Moss anos atrás; com esse trabalho levei minha carreira a um outro nível.

Qual você diria é o visual de passarela mais influente que você criou em sua carreira que tenha influenciado a maneira que os consumidores usam seu cabelo?

A trança lateral de Alexander Wang, na temporada de Verão 2010. Veja aqui

Que conselho você daria aos cabeleireiros mais novos que desejam se tornar grandes profissionais?

1. Tenha sempre tudo que você necessita ou pode vir a necessitar à mão ou perto de você; dessa maneira você estará pronto para o que der e vier.

2.  Mantenha uma mente aberta. Eu pego muita inspiração de todos os grandes designers com quem trabalho.

3. Seja organizado.

4. É importante estar sempre focado, então mantenha a cabeça no lugar.

5. Tenha a paciência e trabalhe duramente. Se você tiver um ego, não o mostre.

E o que os cabeleireiros novos devem ter em mente para serem bem sucedidos?

Bem, o mais importante são boas habilidades no ofício de cabeleireiro! Mas também ter uma boa ética de trabalho, estar aberto à criatividade, se desafiar, aprimorar suas habilidades, e sempre aprender com as pessoas com quem você trabalha. Ter humildade também ajuda.

GUIDO EM NÚMEROS

 Quantas horas dorme antes do desfile da Louis Vuitton: 2

Quantidade de produtos usados durante uma temporada: 1.886

Quantos desfiles por estação: de 30 a 40

Quantos assistentes durante a temporada: de 25 a 50

Quantos drinks toma após desfiles ou depois da semana de moda: 0

Quantos anos na indústria: 25

 TOP 3 DA REDKEN, SEGUNDO GUIDO

1. Guts 10 Volume Spray Foam: Este é meu produto essencial quando eu quero adicionar volume ao cabelo. Se você gosta de levantar a  raiz, então você amará Guts 10.

2. Diamond Oil Shatterproof Shine: Eu adoro este produto porque dá um brilho imediato ao cabelo ao mesmo tempo em que nutre e fortalece os fios de dentro para fora. No fim de uma semana da moda, a qualidade do cabelo das modelos fica comprometida, por isso sempre tenho este produto na minha maleta.

3. Move Ability 05 Lightweight Defining Cream/Paste: As mulheres acham a ideia de um creme em pasta ruim porque têm medo de que seu cabelo fique gorduroso e faça com que seus penteados pesem. Esse produto é ótimo para as mulheres com cabelo comprido. Funciona para fazer escova porque pesa pouco e dá ao cabelo um ótimo volume. Não é algo que você faria com uma pasta comum…

 

Com looks de Diesel e Versace, figurino de Beyoncé dá o que falar na turnê On the Run

26/06/2014

por | Cultura Pop

Beyoncé com o look da Diesel, parte de seu figurino da turnê On the Run ©Reprodução

Quando ouvimos o anúncio de que Beyoncé e Jay Z fariam uma turnê juntos, já poderíamos imaginar que seria um evento magablaster. A On The Run Tour abriu na noite dessa quarta (25.06), em Miami, e já é o show mais comentado e supostamente imperdível neste verão no hemisfério Norte. A turnê encerra dia 13 de setembro, em Paris.

Mas, claro, como se trata de Beyoncé, um dos pontos altos é o figurino. Já havia sido divulgado anteriormente que ela usaria Versace, Diesel, Tom Ford e Givenchy. Para cantar as 42 faixas da noite, incluindo seu primeiro hit “Crazy in Love”, a cantora fez diversas trocas de roupas.

Queen Bey abre o show com um body de couro preto da marca Versace, o primeiro dos dois looks feitos especialmente feito para ela. A peça é superdecotada e tem efeito arrastão nos braços, que depois ganhou o complemento de uma máscara no mesmo tecido resultando em uma imagem hiperfetichista e sexy, bem ao estilo que Beyoncé gosta.

Os dois looks criados pela Versace especialmente para a turnê On The Run ©Reprodução

O outro modelo da Versace é um body de mangas longas com uma estampa colorida totalmente “versaciana”, vista na coleção de Pre-Fall 14, mais um turbante com uma medusa dourada na frente.

A Diesel, sob direção de Nicola Formichetti, também não ficou de fora. Bey estava linda com um body com a parte de baixo desfiada customizado especialmente para ela com zíperes, correntes de prata e tachinhas.

Entre os outros números, Beyonce também vestiu um body de corpo inteiro metalizado com franjas na lateral e um look branco mais comportado com top de renda. Seus longos cabelos completavam o impactante efeito visual, ora sob o vento, ora nos movimentos de dança.

Mas o que mais chamou a atenção, por razões óbvias, foi o ousado collant de couro fio dental que parte da imprensa já está chamando de “butt cage” (em tradução livre, uma gaiola para o bumbum). A peça é polêmica e divide opiniões: enquanto uns acreditam que ela foi corajosa e poderosa ao exibir o corpo nesse nível, outros acham que foi de mal gosto e sexualizado de maneira desnecessária, já que ela consegue se mostrar sexy com muito menos.

Mas é disso, entre outras coisas, que a luz de uma pop star se mantém acesa. Imagens sexy, ousadas e provocantes que mexem com homens e mulheres. E nesse quesito que equilibra carisma e sex appeal, Beyoncé tem ocupado o primeiro lugar. Who run the world?

figurino-beyonce-8
O fetichista e polêmico fio dental

Malwee celebra a marca de 10 milhões de garrafas PET transformadas em camisetas

26/06/2014

por | Verde

Dez milhões de garrafas PET de 600 ml enfileiradas cobrem cinco vezes a distância entre Rio e São Paulo. Ou, ainda, a distância entre Belo Horizonte e Fortaleza. Quer mais? Essa mesma quantidade de embalagens que iriam para o lixo soma 480 vezes toda a extensão da Avenida Paulista. Esses exemplos servem para ilustrar o impacto gerado pela Malwee, que tirou dez milhões de garrafas PET da natureza e as transformou em moda.

Isso foi possível porque parte da coleção da marca brasileira de malharia é fabricada a partir da mistura de algodão e fibra de poliéster de embalagens PET recicladas. Com essa iniciativa, além de beneficiar o meio ambiente, a Malwee gera empregos e renda para centenas de famílias brasileiras. Adoramos a notícia e é realmente um exemplo a ser seguido!

+ Veja abaixo algumas camisetas da coleção sustentável da Malwee feita a partir de garrafas PET:

camiseta-garrafa-pet-onde-comprar (4)
©Divulgação