O homem serpente

15/05/2012

por | CULTURA POP

-              Eu quero uma calça de couro.

-              Por que, cara?

-              Como Marlon Brando, em “The Fugitive Kind”.

-              Ah, entendi, como a jaqueta de pele de cobra do Marlon Brando?

-              Exatamente, cara. Eu não posso pagar por uma jaqueta de cobra, mas posso pagar por uma calça de couro.

-              Ok.

-              Onde posso conseguir uma?

-              Deus, sei lá, em uma loja de cowboy? Eu não sei onde você compra calças de couro, Jim, mas deixa eu dar uma olhada.

Havia uma loja de couro em Beverly Hills, de um antigo alfaiate alemão. Ray entrou na loja.

-              Você faz calças de couro?

-              Claro, é o que eu faço aqui.

-              Deixa eu ver o couro.

-              Isso é couro para luvas.

Ray sentiu o couro. Era o material mais macio que ele já havia tocado. E em pouco tempo, volta à loja com Jim.

-              Olha esse couro, cara, olha isso.

-              É perfeito, cara. É isso mesmo, macio, exatamente o que eu quero.

Ray perguntou se o alfaiate poderia fazer uma calça com aquele  couro.

-              Mas isso é só para luvas! Não é para calças, porque vocês acha que se chama de couro de luvas?

Jim insistiu e o alfaiate concordou.

-              Então você me faz uma calça?

-              Olha, eu posso, mas nunca fiz antes desse jeito. Deixa eu tirar suas medidas.

Mas logo o alfaiate teria outra surpresa.

-              Que tipo de corte você quer? Quer ela larga ou…

-              Não, não, não. Corte como uma calça jeans. Corte como um par de Levi’s.

-              O que?? Você quer esse couro finíssimo cortado como uma Levi’s? Qual o problema com você?

-              É isso o que eu quero.

-              Então tá, eu faço. Volte em duas semanas.

Essa é a história por trás das calças de couro de Jim Morrison, que deram a ele o apelido de Black Mamba e The Lizzard Man e marcaram o início de sua “carreira” como símbolo sexual. Foi contada por Ray Manzarek, tecladista do Doors, em uma entrevista a um programa de rádio.